Postado em 01 de Agosto de 2016 às 09h54

O Chá Verde no Japão!

Dicas (28)
Chá Verde O Chá Verde foi para o Japão pela primeira vez no século VIII, como resultado de contatos budistas da China para o Japão. Isso se tornou possível devido às viagens de monges budistas e monges...

O Chá Verde foi para o Japão pela primeira vez no século VIII, como resultado de contatos budistas da China para o Japão. Isso se tornou possível devido às viagens de monges budistas e monges japoneses que retornaram para o seu país após estudarem na China.

Os monges usavam o chá para se manterem acordados e suas propriedades melhoravam a concentração em longas meditações de promoção da saúde. Além disso, que influiu na passagem do tempo, e na filosofia do budismo zen, no “caminho do chá“. Os mestres do chá acompanham toda a cultura do chá desde a sua criação. No Japão o Chá Verde é muito mais do que uma bebida saborosa e saudável.

É fato, que o Japão possui o melhor Chá Verde do mundo, ganhando até de sua precursora China, isso deve-se ao posicionamento quanto plantação da mesma, que pode ser coberta ou descoberta.

Plantação Coberta:

Gyokuro – O gyokuro é considerado o melhor Chá Verde japonês, feito a partir de folhas selecionadas manualmente da ponta dos arbustos, da primeira colheita. É um chá mais caro pela maior complexidade e escassez de produção. Como o arbusto é protegido da luz direta – pelo menos 20 dias antes da colheita – durante a primavera, o que garante um aroma quase floral e um sabor mais adocicado.

Matcha – É o chá em pó feito com as folhas de arbustos que crescem à sombra. A produção e colheita é mais trabalhos e por isso, o produto acaba sendo mais caro. Esse é o chá usado nas tradicionais cerimônias do chá.

Kukicha – É um tipo de blend feito com folhas e talos que não são usados no processo de produção do sencha, matcha e até do gyokuro. Tem um sabor suave e levemente adocicado.

Plantação Descoberta:

Sencha – É o tipo mais consumido no Japão. Quando feito com as folhas da primeira colheita é chamado de ichibancha e são de qualidade superior. Geralmente são cozidas a vapor (mushicha), mas também podem passar por um processo de torrefação. O sencha tem um sabor suave, levemente adstringente e adocicado e tem diversas subdivisões de acordo com o tempo de cozimento, armazenamento, etc.

Hojicha – É o chá torrado em alta temperatura e por isso fica com coloração marrom. É um chá aromático e harmoniza com comidas gordurosas. O houjicha é feito com partes do caule e tem pouca cafeína, por isso, Minako recomenda que seja consumido após o jantar e também o indica para gestantes.

Genmaicha – É a variedade de sencha, torrado em frigideira e misturado a grãos de arroz torrado. Também conhecido como “chá de pipoca” porque durante o processo de torra alguns grãos estouram e ficam parecendo pipocas misturadas ao chá. Tem um sabor amendoado e também tem pouca cafeína.

Bancha – O bancha é feito com folhas de colheita tardia ou com as folhas mas grossas e talos que não são aproveitadas para a produção de sencha. Tem um sabor mais adstringente, mas é bastante procurado pelo seu sabor mais robusto, bom para acompanhar refeições.

Chá Verde: Saúde e Vitalidade!

Veja também

Dicas de chá27/08/18 Quando as temperaturas caem então não tem nada melhor do que um cházinho quente, super saboroso e aromático: Chá Verde: Ação desintoxicante, combate o colesterol e ajuda a fortalecer o sistema imunológico. Ele evita várias doenças, um dos mais queridinhos! Chá de Gengibre: Ótimo anti-inflamatório e ajuda muito na......
Conheça os 7 Motivos Para Tomar Chá Verde!16/01/17 1. Pode colaborar na sensação de saciedade: Segundo pesquisas, as propriedades das catequinas presente no Chá Verde fazem com que o organismo produza a sensação de saciedade mais rapidamente, através da......
Dicas para Consumir Chá Verde!08/08/16 Você não quer abrir mão dos benefícios do Chá Verde, mas já se cansou de sua forma tradicional de preparo? Então, confira abaixo algumas maneiras diferentes de consumi-lo, listadas no site da revista......

Voltar para Notícias